Topo

O meu lugar

Trilha sonora nostálgica:

 

Hoje é o último dia do ano.

Muitos estão com a expectativa de que, após às 00h tudo será diferente.

É interessante e tudo ter um ponto de partida para a mudança. Óbvio que em seis meses, por exemplo, não serei a mesma Paloma.

Não porque será 2017, e sim porque estou em constante mutação. Ainda bem!

Refletindo sobre 2016, foi um ano diferente para todos, inclusive para mim.

Creio em forças maiores. Por isso, sempre peço para que ele me afaste de tudo que pode me parar no tempo e que me permita estar onde exatamente devo.

Assim acontece quando conheço uma pessoa ou entro em algum lugar novo. Em minhas vibrações peço para que só o que realmente for bom para mim permaneça.

E é por isso que estou aqui.

Nunca estarei só, ainda que às vezes eu pense isso.

2016 foi realmente um ano de mudanças. E espero que nunca acabem.

Não gosto de nada estático.

Não sei onde estarei dia 31 de dezembro de 2017.

Minha parte estou fazendo: buscando sempre o  melhor!

E é por isso que o me pedido é sempre o mesmo: por favor, me leve para onde eu deva estar!

Feliz 2017 a todos!

 

Palomita Gadelha

Pedidos, críticas ou sugestões? Podem mandar! Pelas redes sociais, comentários nos posts, ou no email palomagadelha@hotmail.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Me acompanhe no Instagram @palomitagadelha