Topo

Amor e ódio

Trilha sonora uruguaia do dia:

 

Hoje minha prima me disse:

“O amor e ódio andam lado a lado.”

E essa frase me fez pensar: será?

Ambos são sentimentos tão devastadores, capazes de transformar o ser humano.

Creio que só sei falar de amor, já que para mim, o ódio é um sentimento tão negativo que, se eu realmente tivesse sentido a ponto de deixar com que ele influenciasse minha mente, eu saberia.

O amor sim, esse tenho todo dentro de mim.

Ambos são sentimentos de origem do nosso extinto animal e é por isso que às vezes, agimos sem pensar.

Amor e ódio podem andar lado a lado.

Mas, creio eu que oposto do amor não é o ódio.

Quem ama o faz com tanto prazer e satisfação que é impossível que quando esse sentimento seja substituído pelo ódio.

O contrário do amor é indiferença.

Aliás, quando deixamos de amar, deixamos de lado. É como o número zero. É neutro.

O ódio, pelo que dizem é o envio de tanta forças negativas a uma pessoa que, se esqueci de si.

Imagina isso?

O amor e ódio podem viver lado a lado.

Mas duvido que eles dialoguem.

O amor é um sentimento tão puro e quer nada em troca.

O ódio já não sei. Associo com vingança. E, dos outros eu só quero o bem.

O amor e ódio podem viver lado a lado.

Mas isso não significa que se eu não amo eu odeio.

Eu posso sentir nada.

O amor e ódio podem viver lado a lado.

E, se houvesse uma batalha, o amor venceria.

 

sentimientos-de-amor-odio

 

Palomita Gadelha

Pedidos, críticas ou sugestões? Podem mandar! Pelas redes sociais, comentários nos posts, ou no email palomagadelha@hotmail.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

Me acompanhe no Instagram @palomitagadelha